Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Privatizações

Reduzir dívidas. Diminuir passivos. Ampliar a capacidade de investimentos por meio da iniciativa privada. Captar recursos. Com isso, possibilitar um maior investimento em áreas essenciais como Saúde, Segurança e Educação. Esses são alguns dos objetivos das privatizações promovidas pelo Governo do Estado do Rio Grande do Sul.

A carteira de projetos de privatizações conta com os seguintes ativos:

- Companhia Estadual de Energia Elétrica - CEEE (subdividida em Distribuição / Geração / Transmissão)

- Companhia de Gás do Estado do Rio Grande do Sul - Sulgás

- Companhia Riograndense de Mineração - CRM

No processo de privatização, a venda dos ativos transfere de forma definitiva a propriedade de todas as estruturas vinculadas aos serviços, que passam a ser propriedade das empresas privadas. Essa medida, permite recursos adicionais no caixa, não apenas com a venda de empresas, mas com os impostos gerados a partir de novos investimentos que serão feitos para ampliar os serviços. Com o crescimento das empresas, abre-se caminho para a criação de postos de trabalho.

Como o RS não tem capacidade de investimento, os novos donos das companhias poderão ampliar o fornecimento de gás, melhorar a rede elétrica e oferecer novas fontes energéticas. O efeito imediato é melhorar a infraestrutura para quem pretende investir, porque trará mais competitividade ao Estado.

Saiba mais sobre os status dos projetos de privatizações clicando aqui

00:00:00/00:00:00

Privatizar é investir no futuro.

Canal oficial do governo gaúcho. INSCREVA-SE e saiba em primeira mão as notícias do Rio Grande do Sul. Siga também nossos perfis no twitter @governo_rs, facebook GovernodoRS e no portal do governo: http://www.rs.gov.br/ Acesse este espaço também par Crédito: Governo do Rio Grande do Sul

.RS Parcerias