Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

05

CRM
Ícone

CRM cronograma resumido 11 11 20

Situação atual

Os estudos de modelagem para a desestatização da Companhia Riograndense de Mineração (CRM)  ainda não iniciaram, mas há tratativas entre o estado e o BNDES para definição do escopo. Trata-se de um projeto de menor porte em relação às demais privatizações conduzidas pelo estado, que necessitará de uma abordagem diferenciada.

Informações

A Companhia Riograndense de Mineração é uma sociedade de economia mista, controlada pelo Estado do Rio Grande do Sul. A empresa detém reservas de carvão com potencial de 2,5 bilhões de toneladas. Sua unidade mineira atualmente em atividade localiza-se no município de Candiota.

Visão geral

O processo de desestatização da Companhia Riograndense de Mineração (CRM) iniciou com a aprovação da PEC nº 272 pela Assembleia Legislativa em maio de 2019, seguida da Lei nº 15.300 de julho de 2019, que autorizou o Poder Executivo do Estado do Rio Grande do Sul a promover medidas de desestatização da Companhia Riograndense de Mineração. A próxima etapa para a condução do projeto é a assinatura de contrato de assessoramento junto ao BNDES, ainda sem previsão.

CRM cronograma detalhado 11 11 20

Links relacionados

Conteúdo relacionado

Perguntas
Frequentes

Confira as principais dúvidas sobre os temas relacionados a parcerias, concessões, privatização e PPPs.

Consulte

Saiba mais

sobre o

Projeto

.RS Parcerias